Irena e GWEC firmam acordo para incrementar eólicas offshore no mundo



Meta é que fonte alcance 380 GW no mundo em 2030 e 2 mil GW em 2050

A Agência Internacional de Energia Renovável e o Conselho Global de Energia Eólica anunciaram na última quarta-feira, 22 de setembro, uma agenda para aumentar substancialmente a participação da energia eólica offshore na matriz energética global. O pacto estabelece uma meta de 380 GW de energia eólica offshore instalada no mundo até 2030. Já em 2050, a meta é 2 mil GW de energia eólica offshore instalada em todo o mundo. Em 2020, a GWEC Market Intelligence calcula 35 GW de capacidade eólica offshore instalada globalmente.

Irena e GWEC estabeleceram como as metas serão atingidas. Através da Estrutura Colaborativa da Irena em Energia Oceânica / Renováveis Offshore, os grupos irão intensificar o entendimento da eólica offshore, conforme refletido nas Contribuição Nacionalmente Determinadas pelos países, e ao expandir a adesão à estrutura serão capazes de aumentar seus interesses na energia eólica offshore. Também serão avaliadas lacunas institucionais e de recursos para ajudar o mundo a atingir as metas de 2030 e 2050.

De acordo com o CEO do GWEC, Ben Backwell, o acordo estabelece uma estrutura clara de apoio a países para atingir as metas Net Zero. Segundo ele, a rápida aceleração do desenvolvimento eólico offshore em todas as regiões do mundo é vital para atingir os objetivos coletivos e a mensagem da IRENA e da GWEC é clara para os líderes mundiais, que a indústria pode ajudá-los a fazer isso acontecer.

Para Francesco La Camera, Diretor-Geral da Irena, as energias renováveis offshore têm o potencial de atender a mais de vinte vezes a demanda global de energia de hoje. Ele vê na fonte um pilar crítico para descarbonizar os sistemas de energia e promover uma economia azul global, apoiando o crescimento econômico e a resiliência climática.

Fonte: Canal Energia – https://canalenergia.com.br/noticias/53188027/irena-e-gwec-firmam-acordo-para-incrementar-eolicas-offshore-no-mundo